pomegranate-extrato-de-roma-acido-elagico-40

Pomegranate – extrato de romã (ácido elágico 40%)

História do Pomegranate:

Mais conhecido como Romã no Brasil, o Pomegranate (Punica granatum) é nativo da Pérsia e das regiões do Himalaia Indiano, sendo a sua fruta amplamente consumida fresca e sob a forma de bebidas em diversas partes do mundo. O antigo sistema de medicina Ayurvédica tem utilizado extensamente a Romã como fonte de remédios tradicionais no subcontinente da Índia por milhares de anos. A fruta e a casca têm sido aplicadas contra diarreia, disenteria e parasitas intestinais; o suco e as sementes são considerados tônicos para o coração e a garganta.

Propriedades do Pomegranate:

• Clareador oral da pele
• Suplemento antioxidante
• Aumenta a saúde cardiovascular
• Anticarcinogênico
• Antibacteriano natural

Ação clareadora oral do Pomegranate:

O Pomegranate possui ação clareadora da pele, através da inibição da proliferação de melanócitos e da síntese de
melanina. Este é capaz de diminuir a pigmentação causada pela radiação UVB.

As antocianinas e os taninos hidrolisáveis do Pomegranate têm produzido resultados antioxidantes e antitumorais igualmente animadores em pesquisas com pele humana.

DOSAGEM USUAL:
200mg a 450mg/dia.

 

SUGESTÕES DE FÓRMULA:

CARDIOPROTEÇÃO E REDUÇÃO DO COLESTEROL
Pomegranate …………………….50 mg
Resveratrol………………………..10 mg
Irvingia Gabonensis…………….100 mg
Excipiente …………………………qsp 1 dose
Posologia: Tomar 1 cápsula 2 vezes ao dia.

CLAREADOR COM PROTEÇÃO DE COLÁGENO E ELASTINA
Pomegranate …………………….200 mg
Glycoxil…………………………….100 mg
Bio Arct ……………………………80 mg
Excipiente …………………………qsp 1 dose
Posologia: Tomar 1 cápsula 2 vezes ao dia.

 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
• Rev. Bras. Pl. Med., Botucatu, v.10, n.3, p.104-111, 2008. Aplicações terapêuticas da Punica granatum L. (romã);
• Journal of Agricultural and Food Chemistry (Absorção, Metabolismo e Efeitos Antioxidantes dos polifenóis de Romã após Ingestão de extrato padronizado em voluntários Humanos Saudáveis) Susanne
U.Mertens-Talcott, Petra Jilma-Stohlawetz, Jolian Rios, Lal Hingorani e Hartmut derendorf;
• Journal of Agricultural and Food Chemistry (Biodisponibilidade de
ácido elágico no plasma humano após consumo de elagitaninas Navindra P.Seeram, Rupo Lee, David Heber Navindra P.Seeram (PHD)), Diretor assistente do Centro de Nutrição Humana da University of
California em Los Angeles (UCLA);
• KASAI, K. et al. Effects of a oral administration of ellagic acid-rich
pomegranate extract on ultraviolet-induced pigmentation in the human skin. Journal of Nutritional Science and Vitaminology. Vol. 52, n. 5, p.383-388, 2006

Relatest posts

Deixe seus comentários